Sem rumo

“Esse tum-tum que sacode o que parece ser meu tronco, chega a me machucar de tão forte que pulsa. Sinto uma saudade enorme da minha amada Mãe Terra, que me acolhia e me nutria, saudade da minha irmã chuva que saciava minha sede, saudade daquilo tudo que eu conhecia tão bem…. Sinto que estou maior fisicamente, mas me sinto mais pequenina do que quando minhas raízes estavam tão seguras,acolhidas pela mamãe Terra. Tudo é tão assustador, o ar que respiro é diferente, os meus sentidos me deixam perplexa, mas algo cresce dentro de mim.Algo que não sei definir.Uma força que não sei de onde vem. Algo que me guia e que sei que existe desde tempos imemoráveis. Não sei para onde vou e nem onde estou.Sei apenas que preciso continuar a caminhar!”


Anúncios

Faça a Annie feliz! Comente ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s