Sementes – assim como o amor – são promessas…


:: Rosana Braga ::

…que precisam ser plantadas para se cumprir!

Esta é uma frase minha, ‘plantada’ quase que despretensiosamente no meu artigo anterior. Talvez passasse despercebida e até fosse esquecida se não tivesse recebido-a em destaque, comentada por um amigo especial.
Então, fiquei intrigada com a força das sementes, geralmente tão pequenas, tão sutis e, paradoxalmente, tão encharcadas de possibilidades, tão encantadoramente preenchidas de potencial! Uma semente é sempre uma promessa de flor, de fruta, de árvore, de vida!

Assim somos nós – sementes plantadas no mundo. Assim é o amor – semente nativa de todo coração humano, por mais que as aparências insistam em aparentar que não…
E justamente por serem sementes, é inevitável: só nascem se forem plantadas. Só crescem se forem cuidadas. Só perduram se encontrarem espaço. Só existem se forem aceitas pela existência. Tal qual o amor!

Tanta gente continua acreditando que não tem sorte no amor, que não dá certo nos relacionamentos, que não consegue ser feliz com alguém… Tanta gente segurando sua melhor semente nas mãos, sem ao menos se dar conta de que ela continua pulsando…
Abra-se, solte-se, plante-se em seu chão e deixe-se nascer. Você é uma promessa em busca de luz. Olhe para o sol, sinta-se deliciosamente invadido pelas inumeráveis possibilidades de revivescer, de transcender, de reincidir em si mesmo o amor que já é seu e que só precisa ser plantado – agora, todos os dias.

Porque quando você acredita – pode apostar – todas as suas células vibram nesta crença, todos os átomos dos quais você é composto se movimentam, rompendo alma, coração, corpo e desejo… E o amor transborda, feito semente que sai da terra em forma de flor.

Mas não é preciso ser especialista em botânica para se dar conta da firme e irrefutável decisão da natureza para se impor a despeito de todas as dificuldades. Aliás, basta observarmos com um tantinho de sensibilidade e descobriremos o quanto as dificuldades podem torná-la ainda mais bela, mais magnânima, mais absoluta.

Então, não espere apenas um calor brando e uma garoa fina em sua vida amorosa, em sua relação de afeto. Apronte-se para as tempestades, para os furacões e os incêndios! Apronte-se para o profundo, o intenso, o difícil, o desafiador.
E quando for plantar a sua semente, não esqueça de adubar a terra com ousadia, audácia e, sobretudo, com todo o seu atrevimento em ser, viver e amar! É o que eu lhe desejo!

fonte: http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/c.asp?id=03993

Anúncios

Faça a Annie feliz! Comente ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s