Samara e Smeagol parte IV

smeagloesamara

Sem pensar duas vezes ele se ajoelhou diante dela.
E lhe estendeu o anel. O seu Precioso.
Um sentimento mesquinho o envolveu novamente.
O precioso era dele só dele.
Mas ela estendeu a mão e pegou o anel, antes mesmo que ele desse conta.

Como se o peso de mil anos fosse retirado de suas costas.
Gollum se sentiu leve e se levantou ereto.
E se lembrou.
De seu nome hobbit.
Smeagol.
E ele conseguiu enxergar através daquele corpo cadavérico;
A garota assustada e carente que tinha diante dele.
E a amou.
Sentiu o ódio, o estranho poder, a vulnerabilidade que emanava dela.
Sentiu também o perigo.De algo incontrolável.
E a amou ainda mais.

E a menina que nunca dorme.
Finalmente dormiu deixando adormecer consigo
O Um Anel.

[continua…]

Anúncios

Samara e Smeagol – Parte 3

Gollum empurrou a pedra, sedento.Nunca tinha sentido tanta sede na vida, era uma sede estranha, que queimava as entranhas, e o obrigava a se lembrar…
Foi aí que ele levou o maior susto do século!
Dedos gelados agarraram o seu fino braço, e uma cascata de cabelos negros se materializou diante de seus olhos.
Ele gritou, e sua voz soou completamente diferente.
E ele se assustou novamente, com o som da sua própria voz.
E o susto se transformou em encantamento quando seus olhos se encontraram.
Foi como se um choque, e uma explosão, e uma pane no universo tivesse acontecido.                     E aconteceu.

                                                                                                                                                                             

Ele pronunciou o nome dela.
“Samara”
E ela o fitou com um olhar confuso.
Uma réstia da luz da lua o iluminava e estranhamente naquele momento não o machucava.

[continua…]

Samara e Smeagol – parte 2

gollumEle olhava deslumbrado para o brilho dourado do anel que cegava seus olhos
e drenava sua alma.O brilho de um poder escuro,maquiavélico, forjado nas fendas da Perdição por Sauron, o senhor das trevas.
Uma súbita inquietação tomou conta dele, coisa que não sentia há muito,muito tempo.Olhou para o céu. Um círculo negro, começava a apagar a luz da lua.
Sentiu sede intensa, e como se sua vida dependesse disso, foi correndo aos tropeços em direção ao poço que estava logo adiante.

Empurrou a enorme pedra que bloqueava o poço e por um minuto a luz inundou a escuridão do poço.
Um minuto antes do eclipse acontecer. O minuto que mudaria tudo.
Mudaria a vida daquelas duas almas que o destino teimava em condenar à escuridão.

continua…

Samara e Smeagol

Eu me deparei com uma imagem que você encontra aqui  do blog  TOUCH DOWN TO REALITY  ali você encontra músicas, imagens, palavras cheias de sentimentos com um olhar que te remete a reflexão :).

A imagem era de um casal inusitado: Samara e Smeagol e aí , já viu! Minha cabeça já começou a imaginar um monte.

touch down to reality me incentivou a escrever um conto e aqui está!

Samara e Smeagol

Ela sentiu o vazio enorme que a consumia. Era a sua companheira. Embrenhava em suas entranhas e a fazia ser quem era. A dor era algo normal para ela. Tão normal quanto respirar.E ficava lembrando como as outras crianças choravam quando  fazia elas sentirem a mesma coisa que sentia.

Alguma coisa se apossava dentro da sua mente. A arrancava do torpor e ela recebia um pouco de atenção.Mesmo que a atenção fosse em forma de gritos e castigos. Algo se agitava dentro dela e como um vício sem fim, fazia mais e mais.

E tinha aqueles cavalos.Eles não gostavam dela e ela não gostava deles. Por que eles mereciam mais que ela?? O som dos cascos não a deixavam dormir e os relinchos a pertubavam de tal maneira que o seu único desejo era que eles morressem.

E agora estava ali, envolta pela densa escuridão, que a corroía por dentro porque a faziam lembrar…

Limpou a lágrima que insistia em rolar.
Era grata pelo frio que a entorpecia.samara_morgan_by_gemini_soulOnde ela estava era sempre noite, era sempre frio.
O fino círculo de luz que ainda a fazia sentir alguma coisa estava se apagando.
A escuridão a envolveria para sempre…

Para sempre,
a escuridão deve me envolver.
A Luz me machuca, queima minha pele, faz arder meus olhos
E me faz ficar desesperado, com estranhas lembranças de um tempo
que já não existe mais.
A única coisa que me importa é o Precioso, meu precioso.
Ele é meu Senhor, sou poderoso com ele.
O poder que me faz sentir grande.
E o resto do mundo já não é nada quando estou com ele.
Precioso, meu precioso.

continua…